RSS
 

1ª edição do Prêmio FAPEX de Teatro contemplou textos dramáticos

Publicação: 27/10/10 | 10H10 - Última Atualização: 27/10/10 | 10H10

Terra dos encantos, de todos os Santos e por que não dizer: TERRA DAS ARTES! Responsável por grandes nomes deste segmento, como Caetano Veloso, Maria Bethânia, Gilberto Gil, Wagner Moura e Lázaro Ramos, Salvador revela e abre espaço para novos talentos através do Prêmio FAPEX de Teatro da FAPEX (Fundação de Apoio à Pesquisa e à Extensão) de incentivo à dramaturgia baiana. Para o Diretor e idealizador do prêmio, Marcelo Veras, a ideia é criar outras premiações contemplando as artes. “Este é o primeiro prêmio que se tem voltado para a dramaturgia baiana e sem dúvida é importante não só para a escola de teatro, mas para a própria arte em geral como uma forma de apresentar à sociedade esses talentos e valorizar o texto teatral. O que a FAPEX quer é permitir que os artistas brilhem e tenham o sucesso que merecem ter”, disse Dr. Marcelo.

Em sua primeira edição, o prêmio contemplou, nesta segunda-feira (25), em cerimônia no Salão Nobre da Reitoria, textos inéditos de autores baianos que foram selecionados entre os 67 inscritos. O dado surpreendeu não apenas os dirigentes, mas também a comissão julgadora que avaliou os textos e percebeu que além da quantidade existia qualidade em todas as peças analisadas.

Três roteiros foram selecionados: Namíbia, Não!, do ator e dramaturgo Aldri Antonio Alves da Anunciação, Sobre os Palhaços na Varanda, do estudante da Escola de Artes da UFBA (Universidade Federal da Bahia), Diego Nunes Pinheiro e Sade, do dramaturgo Gil Vicente Barbosa de Marques Tavares. Além de terem sido agraciados com uma quantia de R$ 3.000,00 (três mil reais), os ganhadores  terão a oportunidade de publicar seus trabalhos em livro editado pela EDUFBA (Editora da Universidade Federal da Bahia) e de ter sua obra lida durante a programação do FIAC 2010, o Festival Internacional de Artes Cênicas da Bahia.

Durante a cerimônia ainda foram entregues menções honrosas e certificados do Prêmio FAPEX os textos: O Rei Descalço, de Antonio Sérgio Nunes Figueiredo, Vozes Distantes, de Celso Araújo Vieira Junior e Paixões Arrebatadoras, de Jorge Luis Andrade Borges.

Para o dramaturgo e ganhador Gil Tavares o prêmio é a oportunidade para poder concretizar o sonho de ver sua peça virar, enfim, um grande espetáculo. Já Aldri Anunciação comemora os bons frutos com a estreia de seu espetáculo, marcada para março de 2011 em Salvador. O estudante da escola de Teatro da UFBA Diego Pinheiro, que destacou em seu texto a importância do riso, analisa a iniciativa da FAPEX como sendo de grande importância para a dramaturgia baiana.

Como não poderia deixar de ser, a apresentação da cerimônia ficou a cargo de dois atores que, através de um desempenho teatral descontraído e engraçado, se encarregaram de convidar os ganhadores para receberem sua premiação. Para a Reitora da UFBA, Dora Leal Rosa o evento veio abrilhantar também os 30 anos da FAPEX que ajuda a universidade a conduzir os seus contratos na área acadêmica. “A FAPEX avançou, se colocando como um agente que fomenta e estimula a inclusão social”, afirmou. “Sem dúvida, o prêmio FAPEX é uma riqueza enorme para a universidade. Sabemos o valor e a importância deste prêmio para estes profissionais e para o meio acadêmico. Acredito que inúmeros talentos baianos ainda serão revelados. Parabéns à FAPEX pelo prêmio!”.

CRIAMUNDO
O troféu Prêmio FAPEX entregue na cerimônia, desenvolvido a partir de material reciclado, foi confeccionado nas oficinas do projeto CRIAMUNDO. Idealizada pelo psicanalista, Dr. Marcelo Veras, a ação tem o objetivo de inserir o portador de necessidades especiais mentais no mercado de trabalho através de oficinas artísticas e de inserção que simulam o ambiente de trabalho. As oficinas são realizadas no Hospital Juliano Moreira sob a coordenação do psicólogo, Marcelo Magnelli.

Compartilhar:
  • Print
  • Digg
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Google Bookmarks
  • email
  • FriendFeed
  • LinkedIn
  • Live
  • MySpace
  • Netvibes
  • PDF
  • Twitter

Notícias Recentes

  • Nenhuma notícia até o momento

+ todas as notícias

 
 

 
 
 
Unidades
Secretaria de Cultura do Estado da Bahia
Palácio Rio Branco, Praça Thomé de Souza, s/n – Centro
CEP: 40.020-010 – Salvador, Bahia.
(71) 3103-3400

Secretaria de Cultura - Governo da Bahia