você está aqui » Home » Encontro de Estudos

Encontro de Estudos

II Encontro de Estudos das Culturas dos Sertões

O II Encontro de Estudos das Culturas dos Sertões, coordenado por Alberto Freire e Gislene Moreira, acontece no Centro de Cultura João Gilberto nos dias 09 e 10 de maio, reunindo pesquisadores, estudantes e interessados em discutir a realidade cultural dos sertões em sua dimensão plural. O evento, uma iniciativa da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA), é parte integrante da programação da II Celebração das Culturas dos Sertões.

Coordenado por Alberto Freire e Gislene Moreira, o II Encontro de Estudos tem como objetivo valorizar as culturas dos sertões e refletir sobre sua importância para a formação da identidade cultural dos baianos.O evento vai apresentar os trabalhos selecionados em áreas como registro de manifestações culturais da região, economia da cultura, políticas culturais, etc, organizados em quatro GT’s História, memória e representações; Cultura popular e oralidade; Sertão e identidades; Diálogos entre o cordel e a literatura sobre o sertão. As apresentações acontecerão entre 14h e 18h, no Centro de Cultura João Gilberto, em Juazeiro.

“Este ano os resumos submetidos apresentaram uma característica marcante que foi a análise e reflexão de temas sobre a cultura da região de Juazeiro-BA e territórios próximos. Isto é um bom indício de que a cultura local, ou regional, exerce forte influência e desperta o interesse em suas múltiplas formas de realização”, afirma Alberto Freire. “A ideia é promover o diálogo entre os investigadores do tema, dar visibilidade a estas análises, e principalmente buscar caminhos para os desafios da promoção cultural no sertão baiano”, completa um dos coordenadores do evento.



Confira a seguir a lista dos trabalhos:

quinta, 09/05 - Sala 02 - 14 às 18h

Mesa: Cultura popular e oralidade

Relato da experiência do Festival das Primeiras Águas no território de Irecê
Uilson Viana de Souza

Grupo de cultura popular sertaneja e a montagem de ternos de reis e bumba meu boi em Juazeiro-BA
Mariana Pereira de Oliveira Santos

Conta de novo! Breviário de risco sobre bens da literatura oral do território baiano de identidade cultural sertão do São Francisco
Bruna Teixeira

O potencial cultural na “Terra dos Pirilampos”
Victória Conceição Gomes Leão de Albuquerque

Ser itinerante: o circo no sertão
José Benedito Andrade de Oliveira

Relato de experiência: contando Juazeiro
Odomaria Rosa Bandeira Macedo, Moésio Belfort, Eneida Trindade

quinta, 09/05 - Sala 03 - 14 às 18h

Mesa: História, memória e representações

Seca, sertão e convivência com o semiárido, aspectos históricos e culturais
Lourivânia Soares Santos

As Missões franciscanas da Província de Santo Antônio na Bahia: do projeto colonizador aos “lugares” do sertão
Sérgio Marcelino da Motta Lopes

Dialogando pelas trilhas: o sertão ireceense e outros sertões
Eliseu Couto

Anésia Cauaçu: uma mulher à frente do seu tempo no sertão de Jequié
Domingos Ailton

A representação da população rural brasileira nas festas de São João dos Centros Urbanos
Lucas Mota Oliveira

sexta, 10/05 - Sala 02 - 14 às 18h

Mesa: Diálogos entre o cordel e a literatura sobre o sertão

Literatura de cordel: uma visão do além
Aroldo Ferreira Leão

O discurso de Jorge Amado sobre o sertão na obra Seara Vermelha
Pedro Rogério Freitas Barbosa

Um novo sertão na literatura?
Alex Santana França

Verso e reverso na literatura de cordel do sertão da Bahia
Telma Rebouças de Almeida

sexta, 10/05 - Sala 03 - 14 às 18h

Mesa: Sertão e identidades

Ser-tão mulher: retalhos de memória
Esther Borges Martins Gomes

Tradições sertânicas
Miguel Almir Lima Araújo

Entre a cultura e o sertão: o povoado de Caboclo
Acerlândia Iraci Souza

É da fé que a gente se vale
Fabiola Moura Reis Santos, Jadnaelson da Silva Souza e Maria Francineide Lima de Souza