você está aqui » Home » Programação de terça

Programação de Terça (07/05) - Salvador e Juazeiro
Alt text
Conversas Plugadas Especial “Sertão” com o escritor Antônio Torres

O escritor baiano de Sátiro Dias, radicado no Rio de Janeiro, Antonio Torres é o convidado do projeto Conversas Plugadas Especial Sertão, que acontece no dia 07 de maio (terça-feira), às 20h, na Sala do Coro do Teatro Castro Alves. Durante o bate-papo, Torres fala sobre sua carreira e processo criativo. A edição especial do projeto integra a programação local da II Celebração das Culturas dos Sertões, evento da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA). O escritor volta a participar do evento no dia 09 de maio, as 10h, na Conferência de Abertura do II Encontro de Estudos das Culturas dos Sertões no Centro de Cultura João Gilberto, em Juazeiro.

Considerado um dos melhores autores da geração contemporânea, Antonio Torres tem obra publicada em países como Itália, Argentina, México, Estados Unidos, Alemanha, Inglaterra, Portugal, Bélgica, Holanda, Israel, Bulgária, dentre outros. Em 2006, lançou a segunda seqüência de "Essa Terra", posteriormente "O cachorro e o lobo", e "Pelo Fundo da Agulha", e conquistou o Prêmio Jabuti e foi um dos finalistas do Prêmio Zaffari & Bourbon. Em seu curriculum consta ainda o Prêmio Machado de Assis, da Academia Brasileira de Letras, Prêmio Zaffari & Bourbon, da 9ª Jornada Nacional de Literatura. Na França, foi condecorado “Chevalier des Arts et des Lettres” pelo governo.

  • Local: Sala do Coro do Teatro Castro Alves, Salvador - 20h
  • Data: 07 de maio
  • Entrada Franca (Sujeito a lotação)
Alt text
Abertura da Exposição “Imagens dos Vaqueiros da Bahia”

A exposição reúne uma pequena mostra do material fotográfico do Projeto Histórias de Vaqueiros: Vivências e Mitologia, coordenado por Washington Queiroz, com fotos de Josué Ribeiro, Bauer Sá e Elias Mascarenhas, cuja pesquisa de campo foi realizada em diversos municípios do sertão baiano entre 1985/91. Retrata o universo e a visão de mundo deste importante personagem, símbolo maior da cultura sertaneja. Acompanham as fotografias reproduções de falas dos vaqueiros, com textos da sua tradição oral, que tratam sobre os mais diversos temas: seu dia a dia, o ser vaqueiro, relação com os animais, com o meio ambiente, além de reflexões sobre o amor a vida e a morte. A montagem da exposição é de Edgard Filho e ficará em cartaz no Foyer do Centro de Cultura João Gilberto em Juazeiro de 07 a 11 de Maio.

  • Local: Centro de Cultura João Gilberto, Foyer, Juazeiro - 9h
  • Data: 07 de maio
  • Entrada Franca (Sujeito a lotação)
Abertura da Feira Móvel de Livros

Micro-ônibus que será instalado no Centro de Cultura João Gilberto, criando uma pequena feira de livros que serão vendidos a preços módicos, promovendo, assim, a democratização do acesso ao livro. Aberta para visitação de 07 a 11 de Maio

  • Local: Centro de Cultura João Gilberto, Juazeiro - 9h
  • Data: 07 de maio
  • Entrada Franca (Sujeito a lotação)
Mini-curso: Refletindo sobre a literatura de cordel: vivendo a literatura de cordel, com Edilene Matos

Reflexão sobre formas poéticas de criação: narrativas em versos (cordel: história, características, repercussões). Diálogo fecundo da novidade com a tradição: marcas de textos anteriores na produção de textos novos. Relações intertextuais: recorrência, conservação e transmissão. E implicações na contemporaneidade. Experimentação do texto poético por meio de leitura (individual e coletiva) de folhetos populares. Reconhecimento da poesia popular e da cultura oral (vocalizada) como instrumento para sensibilização e conhecimento de si e do mundo. Percepção da incorporação da voz e do corpo para apreensão e expressão do texto de cordel. Realimentação e reatualização da memória, através da leitura de ciclos temáticos da poesia de cordel.

  • Local: Centro de Cultura João Gilberto, Juazeiro, Sala 3 - 9h às 12h
  • Data: 07 de maio
Oficina de Viola Caipira com Julio Caldas

Apresentar a Viola Caipira através do seu estudo na música Brasileira e com a apresentação das violas caipira, machete, dinâmica e de cocho.

  • Local: Centro de Cultura João Gilberto, Juazeiro, Sala 2 - 9h às 12h
  • Data: 07 de maio
Mini-curso: “O uso de novas tecnologias para aquisição de fontes históricas” com Diogo Carvalho

A rápida evolução dos meios de comunicação ocorrida a partir nas últimas décadas do século XX proporcionou um aprimoramento no acesso à informação. A imensa quantidade de dados, e a velocidade com que estes transitam no meio virtual, têm despertado cada vez mais o interesse do meio acadêmico, principalmente porque muitas dessas fontes se encontravam inacessíveis antes do surgimento da internet. Este curso se propõe a apresentar algumas práticas metodológicas direcionadas para o acesso e a captura de documentos históricos presentes no meio virtual, essenciais na construção da narrativa histórica.

  • Local: Centro de Cultura João Gilberto, Juazeiro, Sala 3 - 15h às 18h
  • Data: 07 de maio
Oficina de Literatura de Cordel com Antonio Barreto

Apresentando o cordel como fonte de aprendizagem, além da sua grande contribuição à formação cultural, objetiva desenvolver, declamar e produzir textos de cordel, reconhecendo esse gênero poético-popular como parte inseparável da literatura brasileira. Busca ainda conscientizar alunos, professores e pesquisadores quanto ao valor da Literatura de Cordel, a fim de motivá-los a divulgar e utilizar essa arte popular como instrumento pedagógico.

  • Local: Centro de Cultura João Gilberto, Juazeiro, Sala 2 - 15h às 18h
  • Data: 07 de maio
Mostra “O Sertão é o Mundo” – Circuito Popular de Cinema e Vídeo

O conjunto de obras exibidas (curtas e longas metragens) tem a sua temática ancorada na cultura dos sertões; a vida incerta do homem sertanejo, suas angústias, sua luta ante a seca e tirania dos seus ‘senhores’. Os filmes serão exibidos divididos em dois programas. Após exibição, haverá debate mediado por Chico Egídio.

  • Local: Centro de Cultura João Gilberto, Juazeiro, Sala Principal - 19h
  • Data: 07 de maio


Filme: “Na Terra do Sol” (BRA. 2005)
Direção: Lula Oliveira. Duração: 13 minutos. Elenco: Rose Lima, Bertho Filho, Agnaldo Lopes e Carlos Petrovich. Classificação: 12 anos
Sinopse: Entrincheirados nos escombros da igreja do Arraial de Canudos, quatro homens, entre eles um velho e uma criança, resistem ao cerco promovido pelo exército republicano. Dominados pelo cansaço e pela sede, arma-se um conflito entre os quatro para decidir quem vai buscar água no rio, mesmo correndo risco de ser atingido por uma bala. A questão é: morrer de morte matada ou de morte morrida, abrindo o caminho para uma discussão em torno da bestialidade da guerra e o sentido da fé.



Alt text

Filme: “Antonio Conselheiro, o Taumaturgo dos Sertões” (BRA, 2012)
Direção: José Walter Lima. Duração: 90 minutos. Elenco: Carlos Petrovich, Harildo Deda, Leonel Nunes, Chico Drumond, Álvaro Guimarães, Bertrand Duarte, Wilson Melo, Haidil Linhares e Ari Barata. Classificação: 12 anos
Sinopse: Filme sobre o líder espiritual e político na vida de Canudos, Antônio Conselheiro ganhou popularidade pelos sertões do Nordeste brasileiro graças também à religiosidade da população e o descaso dos governantes. O filme é uma metáfora sobre os sertões, uma epopeia desse peregrino, que se desenvolve seguindo duas linhas: a do sagrado ou apostolado, e a da campanha militar. A confluência dessa narrativa se dá no reencontro dos mitos do Cel. Moreira Cezar e do Conselheiro, o primeiro como Anticristo e o segundo como Iluminado.